• O Começo
• O Começo

           Ainda não se sabe exatamente quando apareceu o Skate, mas podemos dizer que foi no princípio dos anos 60 na Califórnia. Era em uma época aonde reinava o surf, praia e a curtição total sobre uma prancha. Mas como as coisas nunca davam certo, aqueles dias de ondas podres, os mesmo surfistas pegaram as rodas de seus patins, e colocaram em "shapes", para que assim pudessem surfar em terra firme.
           Os skates eram muito primitivos, não possuíam nose nem tail, era apenas uma tábua e quatro rodinhas.
           O crescimento do esporte se deu de uma maneira tão grande, que muitos dos jovens da época adotaram ao esporte chamado skate, surgiam então os primeiros skatistas da época.
           Era uma época aonde o "free style" dominava, os skatistas usavam e abusavam deste tipo de manobra.
           No ano de 1965 se comercializaram os primeiros skates fabricados industrialmente e começaram as primeiras competições. O esporte então, teve seu auge.
           Em meados dos anos 70, aconteceu um fato que chocou a maior parte de todos os skatistas, a revista "Skateboarder" que era uma das mais importantes sobre o assunto, anunciou a sua mudança de planos, agora cobrindo assuntos sobre competições de Biker's. Foi quando se deu a morte do skate, muitas pistas fecharam, e muitos abandonaram o esporte, apenas ficaram os que realmente gostam do carrinho. Ouve então que esses skatistas que perderam suas pistas, suas revistas, e tudo que era a respeito sobre eles, se lançaram a andar na rua, usando tudo que achavam no cotidiano como obstáculo, dai se deu o street skate.
           Em meados dos anos 70, ouve o racionamento de água nos E.U.A, as pessoas esvaziavam suas piscinas, foi ai que os skatistas perceberam que essas piscinas vazias, poderiam ser ótimos obstáculos, daí surgiu o skate vertical. Nos anos 80 o skate volta ao seu auge, com a inovação dos skates, e a utilização das pistas em "U" os half pipes, o skate retorna as suas origens de muitos adeptos, e com o aparecimento de vários nomes do sk8board mundial: Steve caballero, Tony alva, Tom sims, entre outros contribuíram e muito para o progresso do skate.
           Foi aí que surgiu um garoto que com apenas 12 anos, mandava flips muito altos na rampa, um garoto magro e com um estilo muito técnico e mesmo com pouca idade já deixavam os velhos de queixo caído, seu nome? nada mais do que um simples skatista chamado Tony Hawk......você o conhece?
           Outro fator muito importante para o sk8 da época, foi o vídeo da Bones Brigade, onde Steve Caballero teve um papel bastante forte na sua existência.
           A partir dai, o sk8 nunca mais teve seu declínio, nos anos 90 foi quando o sk8 atingiu o seu auge, com muitos adeptos, produtos, e campeonatos que incentivam bastante os jovens e crianças, e até os velhos dos anos 90. E assim o sk8 vai levando suas origens até o futuro, se desenvolvendo cada vez mais, superando todas as barreiras de preconceitos imposta sobre seus praticantes, e assim vamos levando o skate até o ano 2000, 3000, 4000......



• No Brasil
• No Brasil

           Surfistas internacionais que iam ao EUA para surfar, conheceram e levaram a novidade ao resto do mundo. Em 1965 o skate chegou no Brasil. Em pouco tempo a garotada já tinha espalhado a novidade. Os primeiros skates brasileiros eram feitos com rodinhas de patins ou de ferro, os famosos rolimãs, adaptados em pedaços de madeira. Não existiam regras, pois no começo todos queriam apenas se divertir com a novidade. Em 1974, foi realizado no Clube Federal do Rio de Janeiro o primeiro campeonato de skate brasileiro e no mesmo ano foi inaugurada a 1a pista no Brasil.
           No ano de 1986 o skateboard brasileiro teve um grande crescimento, diversas marcas de vários segmentos investiram no mercado nacional e assim houve uma expansão do esporte. Mas foi na década de 90 que skate teve a sua maior evolução no Brasil, não só em mercado, mas também em crescimento de praticantes, organização do esporte e exposição na grande mídia. Hoje podemos afirmar que o skate é uma grande tendência no Brasil, com o skate e os skatistas brasileiros representando a 2a maior potência mundial do esporte.




TOPO